Portuguese English French German Italian Russian Spanish

WILLIAM

william.jpgNascido no Holanda 22 anos atrás, suas realizações são incríveis e muitos artistas já consagrados estão dependendo das suas letras. Nós o conhecemos como William e seu primeiro álbum solo é o “0-21”. Apesar da pouca idade, suas músicas e letras são cheias de amor e paixão. Além de tudo, ele tem as graças de um time já reconhecido, Mobass Productions que com este “sangue novo” está abalando o mundo mais uma vez.

Afrowave: Olá William, obrigado por se juntar a nós e bem vindo a Afrowave Radio
William : Obrigado

Vamos começar com uma questão simples. Seu primeiro álbum é o “0-21”. Pode nos explicar o que isto significa?
William : Bem, "0-21" é como um documentário sobre a minha vida dos anos de adolescência até a idade adulta. As músicas representam momentos que passei até a idade dos 21 anos.

Definitivamente, representa “algo” para você.  Isto posto, como você descreve o seu primeiro álbum solo – musical e artisticamente? 
William : Este primeiro álbum reflete minha alma e diz as pessoas algo sobre quem eu sou. Musicalmente reflete todos os gêneros que gosto: Acústico, R&B, Zouk, Jazz, etc. Outra paixão minha é a poesia e também tentei mostrar este lado meu nas letras. Em termos de liberdade artística, me selo, Mobass, me deu a oportunidade de ser tão livre quanto eu quis.

Posso imaginar o quanto você deve estar satisfeito com este primeiro álbum solo.
William : Sim, eu estou.

Como é possível alguém nascido na Holanda, cantar em Creole Cabo Verdeano tão bem e tão docemente?
William : (risos) Obrigado. Bem, eu aprendi Creole antes de aprender a falar Holandês. Cresci com meus avós e em casa, só falávamos Creole – pelo menos a maior parte do tempo.

Mobass Productions estava por trás deste álbum, mas ao mesmo tempo, sua conexão com eles é mais do que profissional – na verdade, você tem uma relação familiar com eles. Pode elaborar mais isto?
William : Na Mobass somos como uma grande família de sangue ou de espírito. No meu caso, é mais espiritual com todo mundo, exceto com minha irmã mais nova, Jassica. O que começou como uma relação profissional, mais tarde virou uma relação familiar.

Faz sentido esta relação – Soube que você começou a tocar instrumentos musicais quando tinha 6 anos de idade. O quão significativo foi este fato para a sua nova carreira?   
William : Primeiro de tudo, me permitiu criar meu próprio som e compor minhas próprias músicas. Ter uma família musical ajuda muito e ter a música impressa em mim desde muito cedo também. É como saber a ler, uma vez que você aprende, não pode esquecer.

Quanto sucesso tem tido seu primeiro álbum até agora?
William : Estou muito feliz com o modo que meu álbum tem sido aceito, especialmente porque sou um cantor novo e o álbum é um pouco diferente do que as pessoas estão acostumadas a escutar. Então, para mim está sendo um sucesso muito grande por enquanto e agradeço a todos por serem tão cabeça aberta. 

Apesar do fato de você ainda ser novo nisso, você já trabalhou com alguns dos maiores nomes da indústria, como  Philip Monteiro, Djey, Johnny Ramos, Gama, Lily Spencer...
William : Sim e tem sido muito recompensador. Aprendi muito sobre a indústria trabalhando com estes artistas que eu costumava admirar quando ainda era pequeno. Agora, tê-los parabenizando meu talento e querendo trabalhar comigo significa muito para mim.

O que vem a seguir para você, William?
William : Agora estou em turnê, fazendo shows e escrevendo muito para outros artistas da Mobass e para a Mobass 3. Depois disso vou entrar no estúdio para gravar meu segundo álbum.

Quando podemos esperar seu segundo álbum e como ele vai ser diferente deste?
William : Vai ser em 2 anos mais ou menos. Vai ser diferente porque o segundo álbum trará mais influências tradicionais, sons acústicos e worldmusic. Me sinto crescendo como artista a cada dia, então, meu próximo álbum será mais maduro. Tenho 22 anos agora e espero atingir meus objetivos até completar 30 anos.

Boa sorte William!
William : Muito obrigado!

Entrevista concedida a Umaro Djau da Afrowave.com
Traduzida por Luciana Guinle

Built with HTML5 and CSS3
Copyright © 2013 SOULZOUK.COM

Powered by Warp Theme Framework

Facebook

Twitter

Google Plus

YouTube